Resenha: BB Maxi

Sumi porque acontece de rolar uma pendência com o blog, se enrolar toda e o cérebro bugar quando você tem muita coisa pra fazer - e acaba não conseguindo fazer nada. Bom, no dia 28 de julho, eu recebi o BB Maxi da marca Maxiline, que é uma marca de produtos profissionais pra cabelo, e eu passei um mês testando no meu cabelo. Esse produto é uma espécie de bb cream para as madeixas, com dez funções diferentes, e serve de modo geral como um finalizador. Antes de eu falar melhor pra vocês da minha experiência e do produto em si, eu gostaria de deixar claro que a minha opinião é bem sincera e eu não recebi nada além do BB Maxi para publicá-la aqui (lê-se: não estou sendo paga para fingir nada, e nem aceitaria dinheiro para isso). 
Todo mundo aqui já tá morrendo de tanto saber como eu sou louca por cabelos e como eu gosto muito de testar novos produtos, por isso, gostaria de deixar uma nota declarando o quão apaixonada eu fiquei por esse finalizador totalmente amor em dobro. Há algum tempo eu passei a hidratar/cauterizar/selar meu cabelo no salão, porque eu tenho um tom de loiro destruidor de fios, mas sentia falta de ter algum produto em casa que mantivesse meu cabelo em um estado de good hair day, depois que o efeito do salão passasse. Também senti muita falta de algo que desse um jeito no meu cabelo nos dias que eu estivesse atrasada - todos haha - e não pudesse fazer nada pra ajeitar direitinho. Foi aí que esse produtinho caiu como uma luva na minha vida. Eu uso o BB Maxi todos os dias, em pouca quantidade (não é preciso de muito para se espalhar e obter um resultado okay), a não ser quando eu lavo em casa e uso um tanto a mais nos fios molhados. Ele pode sim ser usado tanto no cabelo seco, quanto molhado, de formas diferentes:
1- No cabelo seco, você joga o creme na sua mão e espalha no cabelo.
2- No cabelo molhado, você pode aplicá-lo direto no cabelo e pentear.
No decorrer do último mês, nos meus últimos outfits publicados uma - as vezes duas - vez na semana, eu recebi muitos elogios sobre o meu cabelo, porque sim, o produto deu um up inegável. Ele não é um produto melequento, na realidade é um creme bem leve, não deixa o cabelo oleoso e possui um cheirinho super agradável. A embalagem é super boa e resistente, vem em forma de spray - o que me confundiu de primeira, porque eu não achava que era um creme haha sou lerda - e tem um tamanho regular, o que pelo menos facilita se eu quiser viajar com ele ou levar em bolsas de tamanho mediano para onde eu for. Como disse anteriormente, o produto tem dez funções, sendo elas:
Proteção térmica e solar, antifrizz, sedosidade, força e resistência, revitalização, brilho, maciez, reparação, condicionamento e penteabilidade. 
Bom, por fim, se você ficou interessado, você pode entrar direto pelo site da marca e procurar salões que possuam o produto ou comprar em lojas físicas/onlines - nas quais a Maxiline não se responsabiliza pelos preços comercializados. Quero dar ênfase de que o produto está aprovadíssimo e me surpreendeu bastante.

2 séries que você devia assistir [3]

Quem acompanha o blog há algum tempinho, sabe que de vez em quando eu me dedico a fazer esse tipo de postagem indicando séries/filmes que eu assisti e acabei gostando bastante (últimos dois posts desse tipo aqui e aqui). As séries de hoje já são ambas que gostei muito, e acho que é uma dica que vale a pena.

1- Finding Carter
É uma série nova da MTV, que está na primeira temporada e possui apenas 7 episódios no ar por enquanto. Conta a história de Carter, que os 16 anos descobre que a sua então mãe é, na realidade, sua sequestradora. Após a descoberta, a vida de Carter muda e ela tem que descobrir como lidar com a família verdade, irmãos, novos amigos, além de tentar resgatar o único contato com a mãe que ela já teve. É uma série que acabou me prendendo bastante, porque a princípio parece muito dramazinha adolescente, mas envolve fatos bem adultos também.

2- Under The Dome
Acredito que essa algumas pessoas já conheçam. Under The Dome já está na segunda temporada - ainda incompleta - e conta a história de uma cidade onde, uma misteriosa redoma, prende todos os habitantes e visitantes quando cai em volta de toda a cidade. Depois do aparecimento da redoma, a população passa a ter que lidar com os mistérios que a mesma traz e os problemas diários que vão surgindo, a tentativa de escapar, etc.




OOTD: Top Cropped + Hot Pants


Hoje foi um dia que eu resolvi sair mais free bitch na rua - mentira, é que tava meio calor mesmo - e desenterrei essa top cropped camuflada amorzinho do meu armário. Preciso desabafar que cropped e eu temos um relacionamento de amor e ódio, porque ao mesmo tempo que acho super lindinho, tenho muita nóia com o meu esôfago de fora - mas aí olho pra essas mulheres que definitivamente não podem usar e usam mesmo assim, e me sinto bem comigo mesma. Coloquei a hot pants que vocês agora já conhecem, a meia calça e o meu coturno que tem vida própria e anda sozinho já. Juro pra vocês que eu tenho outros sapatos, mas é que coincide de eu estar usando esse no dia das fotos, juro!!! Enfim, parei de falar e espero que vocês gostem.

Top Cropped: Flavia Costa
Hot Pants: Marisa
Coturno: Cicarelli
Óculos: C&A

Guia: Lojas Internacionais que entregam no Brasil

No domingo eu recebi um pedido para fazer uma postagem com lojas internacionais que fazem entrega no Brasil. Eu selecionei seis das que eu considero melhores - em questão de produtos e preços -, porém todas tem o mesmo estilinho, desculpem. Ah, pra quem não tem cartão internacional, fiz uma postagem aqui ensinando como comprar através do PayPal.


1- Sammydress
Essa é uma loja parceira aqui do blog, além de ter uma parceria com muitas outras blogueiras de moda. A diversidade de peças na loja é super okay e os preços também. Com 25 dólares você literalmente faz uma festa por lá. O frete é super baratinho (comprei recentemente dois vestidos e o frete foi apenas $5,90) e é bem fácil de efetuar a compra.

2- Aliexpress
 Esse é definitivamente o mercado livre da China. Lá você também encontra de tudo, por um precinho super amor, e a vantagem é que eles tem entregado um pouco mais rápido no Brasil (só a alfandega que é uma fodidinha mesmo). Outro diferencial é que o Aliexpress já aceita boleto bancário, então você não precisa mesmo ter um cartão internacional ou utilizar o esquema do paypal que citei no início dessa postagem. (Lembrando que hoje, dia 19/08, o Aliexpress estará com descontos absurdos no site)

3- Ebay
Também faz a linha mercado livre, só que é muito mais barato. É super fácil se localizar no site e você consegue encontrar até tamagochi, se você quiser. Uma boa pedida por lá é se jogar nos acessórios - sejam eles anéis, colares, chapéus - que são super lindos, tem um feedback super positivo e ainda são baratinhos.

4- She Inside
 Numa busca eterna por kimonos florais bonitos com fundo preto, a she inside preencheu o vazio de uma busca em vão e me mostrou uma quantidade absurda de produtos maravilhosos. Essa é outra loja que mantém parceria com inúmeras blogueiras de moda e que, até hoje, não ouvi nenhuma reclamação sobre os produtos/entrega. Os preços lá são tranquilos também e é super fácil efetuar compra sem ficar perdido. O frete é grátis em compras a partir de $30.

5- Romwe
Acredito que essa seja uma das lojas parceiras em blogs que mais se ouve falar. A Romwe mantém parcerias com blogueiras do mundo todo - incluindo a Lua, aquela ruiva linda - e tem um padrão de peças maravilhosas. Os preços cabem no bolso e a variedade de produtos é grande, mas na minha opinião, atende mais a moda alternativa. Vale lembrar que a loja tem frete grátis e constantemente coloca produtos em promoção.

6- Oasap
 Tem a mesma pegada da loja anterior, segue uma linha bem alternativa e tem produtos maravilhosos. O frete é barato, porém, para compras acima de $50 é gratuito. Os preços são amor em dobro e é uma loja super simples de se navegar.

Extremismos, brincar de deus e cagação de regra.

Segunda-feira, como de costume, é o dia em que eu libero todo o meu ódio por coisas estúpidas que vejo por aí. Desde já quero dizer que sim, essa é uma postagem polêmica, mas o blog é meu e eu escrevo o que eu quiser, e quem não gostou... I really don't care.

Recentemente, uma onda de mulherzinha sem nada pra fazer, resolveu que seria legal me chamar de machista por opiniões totalmente pessoais. Quero começar declarando que o feminismo - na minha opinião - é uma causa muito maior do que o lance de se depilar ou não, mas tem gente tão focada nisso que, todo mundo que resolve não ser uma floresta negra ambulante, é machista. Vamos criar pontos importantes nessa história:
1- Me depilar ou não é uma opção minha, que não tem a ver com machismo, feminismo, diabo a quatro, e sim com uma questão de gosto pessoal.
2- Tendo o ponto um em mente, apenas quero dizer que gosto é igual cu, cada um tem o seu.
3- Há causas muito maiores para serem protestadas e lutadas do que se fulaninha resolveu se depilar.

O mais interessante é que, esse grupo em especial que dedica sua vida a criticar quem se depila - e a chamar de machista, não podemos esquecer da ofensa-mor -, é também o grupo que grita no megafone o quanto o direito de escolha e a liberdade são coisas essenciais. Ainda sou obrigada a ouvir que o problema de se depilar é a cagação que a pessoa faz com o próprio corpo, como se alguém tivesse algo a ver com isso. Vou ser bem clara: Se eu quiser dar o cu, se eu quiser transar com alimentos, se eu quiser me depilar, se eu quiser tatuar o branco dos olhos, se eu quiser cagar na calçada, eu irei, e isso não diz respeito a ninguém além de mim mesma e foda-se. Precisamos com urgência parar de brincar de deus e achar que temos direito de meter o dedinho indicador na vida alheia e deixar que cada um opte pelo que acha melhor pra si mesmo, apenas. As "se depilar é machismo" de hoje, são os "cigarro mata" de ontem.

Trend: Daisy Print

Não estamos nem em setembro ainda, mas as araras das lojas começaram a ser esvaziadas de roupas grossas e quentes para o inverno e preenchidas com vestidos, saias e roupas leves para a primavera. Não estou tão animada quanto os mortais com o fim do inverno, mas confesso que, entrando em uma loja e outra, descobri uma aposta para a estação de calor menos desagradável - porém, ainda assim bastante - desse ano: Daisy Print.
As margaridas estamparam as saias longas e curtas, os shorts, os vestidos, as blusas e até as top croppeds; invadiram os acessórios e marcaram presença principalmente nas peças com fundo preto. Além delas, os florais também mantém uma participação inegável. O que mais me chamou a atenção foi o investimento em estampas florais na primavera, o que sempre irá me lembrar a Queen Miranda Priestley falando o quanto isso é inusitado (veja o gif aqui).

O bom desse tipo de estampa é que não há mesmo uma restrição de uso, como seria com peças de curto ou longo comprimento. Você escolhe o que dá um caimento melhor no seu corpo e se joga. Preciso admitir que estou louquíssima por essa estampa e já quero adquirir uns vestidinhos e saias pro meu armário. Se você não sabe onde encontrar peças assim, confira abaixo os links:
1- Missguided (todos os produtos com a estampa nesse link)
3- Marisa - Marisa 
4- Aliexpress (todos os produtos com a estampa nesse link)

Achados da Semana: Florentina Store + Novo Layout

No último TWWD (aqui), eu fotografei com uma hot pants jeans, e muita gente ficou louca com a peça - o único problema é que eu havia comprado o ano passado e, seria hardcore encontrar o mesmo modelinho. Pensando nisso, numa conversa no facebook com uma das leitoras daqui, ela me mandou a loja que irei apresentar hoje, onde você pode morrer de amores por todas as hot pants vendidas lá. Florentina Store também conta com algumas croppeds e coletes jeans. Separei algumas das peças que mais gostei.

  



Os preços variam de R$19,90 até R$94,90, tendo como formas de pagamento o depósito bancário, pag seguro e paypal. No meu ponto de vista, o único problema da loja é a falta de variedade de tamanhos, por exemplo - se eu gostar de um short que só vende tamanho 42, eu fico sem, porque meu tamanho é menor. De toda forma, vale a pena a visualizada e quem sabe uma comprinha. Se você gostou, você pode acessar a loja através dos links:


Quem acompanha o blog tem um tempinho, deve ter percebido que o Layout ficou diferente. A querida e talentosíssima Julia, do blog Mostre as Pernas, fez esse layout pra mim - e sim, ela acertou de primeira o que eu queria e o que tem a ver comigo - e estou apaixonadíssima. O desenho do título eu ganhei da Josy, do blog Decididamente, e a Julia incluiu no layout - obrigada Josy pelo desenho lindo. Algumas coisas foram acrescentadas, como a página de Achados, pra vocês se localizarem melhor em relação a essas postagens. A sidebar mudou de lado e a única coisa que realmente falta é o meu blogroll, que está em processamento. Se você gostou tanto quanto eu e quer conhecer um pouquinho mais sobre o trabalho da Julia, você pode visualizar essa postagem no The Urban Trends, com fotos dos trabalhos, contato e etc.

OOTD: Floral Dress (challenged w/ The Urban Trends)

Sei que andei sumida por aqui, me desculpem, essa semana não foi só preguiça, mas uma falta de inspiração sem tamanho - e meu cachorro ficou super mal por dois dias também. Enfim, hoje o OOTD é especial - como eu havia dito no instagram @druellablack -, porque foi feito em parceria com a Isabella, do The Urban Trends. Um tempo atrás, ela tinha proposto de fazermos essa espécie de "desafio", que consistia basicamente em escolhermos um "tema ou estilo" para a outra fotografar. O tema escolhido pra mim, não podia ser nada menos do que Girly, porque como já se sabe, eu sou super weirdo-agressiva-weirdo.
Eu comprei esse vestidinho amor na Marisa essa semana, que aliás tá cheia de roupas da coleção nova (vocês vão morrer de amores quando ver), que é floral com fundo preto e marcadinho na cintura. Inclui a meia calça de sempre, porque sim, meu óclinhos de cego e all star. Espero que vocês gostem.


Vestido: Marisa (linkei direto na peça)
Tênis: All Star
Óculos: Lojinhas baratinhas da cidade

Não deixem de ver o outfit da Isabella e qual estilo/tema ela foi desafiada a fazer

TWWD: Short Jeans

Hoje completam quatro meses do projeto The Way We Dress (para os perdidos, entrem aqui, aqui e aqui), e a peça básica escolhida por nós esse mês foi o short jeans. Confesso que sou super chatinha pra esse tipo de short (reparem que basicamente não tenho outfits com a peça), porque além de ser difícil encontrar um que eu ache que me vista bem, eu ainda prefiro os de cintura altas, tenho síndrome das hot pants. Enfim, achei esse short na Marisa ano passado e foi amor logo de cara, depois voltei lá antes da liquidação do mês passado acabar - postei na fan page e em algum dos ootd recentes falando sobre isso - e acabei comprando essa terceira blusinha que é a que estou usando. Quando eu digo que Marisa é amor em dobro, cês não botam fé em mim. Enfim, juntei uma meia calça e o meu jeito weirdo que vocês já conhecem e espero que vocês gostem.
Blusa e Short: Marisa / Coturno: Cicarelli / Óculos: C&A

Ah, e preciso dizer que esse é um twwd especial, porque três das nossas blogayras maravilhosas fazem bday esse mês (thayse, isa e bruna), por isso, deem os parabéns a essas lindas.

Não deixem de conferir os outros outfits
The Urban Trends | Brilho de Aluguel | Chanel Fake | Tá Tudo Caro | Mostre as Pernas 

Como deixar seu cabelo loiro ultra claríssimo

Não é novidade por aqui que eu vivo fazendo postagens com dicas capilares - porque sim, sou dessas pessoas alucinadas com cabelos e entendo mais ou menos de tudo um pouco. Como vocês podem reparar, eu tenho uma cor de loiro ultra claríssimo, que a maioria das loiras quase enforcam as cabeleireiras no salão pra alcançar e, depois de tanta gente me perguntando, resolvi fazer uma postagem pra esclarecer pelo menos algumas das dúvidas de vocês (vale lembrar da postagem em que eu cito 6 coisas que você deve saber antes de ficar loira aqui).

Assim como eu tive, a maioria das pessoas também tem pressa de chegar nesse bendito tom. Concordo que é uma bosta ter que ficar aguentando loiro amarelo e esse tipo de espera nunca funcionou comigo, por isso eu vou deixar claro o que acontece se você realizar o processo de uma vez só: seu cabelo vai cair. Não importa que ele seja super forte, bem hidratado, com vida, saudável, esse é um fato imutável. Se ele não cair, ele vai ficar tão bosta, elástico, danificado, que você vai acabar cortando as pontas de decepção.
Por isso é sempre bom dar uma ênfase de que, eu amo a cor do meu cabelo, mas não aconselho ela à ninguém. A manutenção da cor é cara, e pesa ainda mais no seu bolso manter seu cabelo com vida - engano de quem acha que hidratar em casa com Novex vai salvar seu cabelo da desgraça do descolorante.
Tendo esses pontos em mente, vamos aos fatos mais importantes:

1- Descoloração
Preciso deixar claro outra coisa aqui, porque as pessoas tem um equívoco com o descolorante. Ele clareia sim o tom do cabelo e isso é óbvio - duh-, mas tem gente que acha que só o descolorante deixa o cabelo loiro claríssimo ou branco. Um recado: Não deixa. Esse pequeno pacote que arde os olhos deixa apenas seu cabelo loiro amarelo, mesmo que este seja um amarelo clarinho, mas só isso. Se eu jogar descolorante no meu loiro agora, ele vai ficar amarelo, e não mais claro. Eu sempre uso a água oxigenada de 40 volumes, há quem diga que a 30 faz o mesmo efeito, mas não acho. Eu fico com a mistura de descolorante, pelo menos, um tempo normal que se fica com uma tinta (45minutos), o que machuca o couro cabeludo - no sentido de deixá-lo meio sensível -, mas se você não tem paciência de ir aos poucos, foda-se isso.

2- Coloração
Como citado no item um, o descolorante não deixa o cabelo branco se você passar ele por mais tempo ou mais vezes, por isso é necessário você pintar o cabelo depois que atingir um tom de loiro amarelo bem clarinho. Eu usei muitas tintas até descobrir uma que me agradasse, inclusive as da Koleston - amo aquele condicionador pra manter a cor, salva o cabelo de ir à falência -, porém nunca chegava no tom que eu queria. Por isso, você precisa ir testando tintas até descobrir a que vai bem com o seu cabelo. Pessoalmente falando, eu uso a 12.1 da Beauty Color, que é super barata (juro, pago cerca de R$10,00) e super boa também. Eu não posso garantir que ela vai funcionar no seu cabelo, como ela funciona no meu, mas é isso.

3- Shampoo Roxo e/ou Violeta Genciana
Fiz uma postagem aqui citando as diferenças, de acordo com a minha experiência em relação as duas coisas, vale a pena dar uma olhada. Essa é uma parte que no começo você vai ter que persistir e fazer uma vez por semana. Isso vai desamarelar o que nem tá mais amarelo e aí sim vai transformar seu cabelo em um loiro ultra claríssimo. É uma manutenção de cor cansativa, principalmente após os retoques de raiz.   

5 programas de TV que marcaram (e ainda marcam) a minha vida.

Esse é a postagem de número 200 do blog, yey, e resolvi que seria algo diferente fazendo um dos memes do grupo ROTAROOTS, desse mês de agosto. Como vocês viram no título, a base/ideia desse meme é colocar os cinco programas de tv - sejam eles séries, novelas, 50 putas numa mansão - que mais marcaram ou ainda marcam a minha vida, sejam eles antigos ou atuais. Eu espero que vocês gostem desse meme e que pelo menos alguém se identifique com um desses programas e me contem nos comentários quais são os que marcaram a vida de vocês!


1- The O.C
Não importa quanto tempo passe ou se depois do final da terceira temporada a vida tenha perdido o sentido, the o.c é definitivamente o seriado que mais me marcou. Marcou tanto que o meu casal favorito continua sendo Seth e Summer, eu permaneço putíssima com os dramas da Marissa e continuo desejando re-assistir a série mais uma vez. Quem nunca ouviu a musiquinha de introdução e automaticamente lembrou de O.C, que atire a primeira pedra.
2- Gossip Girl
Apesar de nunca ter conseguido terminar de assistir a série, eu lembro super bem de madrugadas assistindo e torcendo por Chuck and Blair, desejando todas aquelas roupas e me inspirando horrores nas minhas personagens preferidas (cabelo da little j e escrotice de Queen B não me deixam mentir). A série me influenciou tanto que NYC é, de fato, o lugar que eu mais quero conhecer no mundo.

3- Malhação
Podem negar o quanto quiserem, mas eu sei que quando vocês eram crianças, vocês também saíam correndo da escola pra casa e jantavam na sala só pra não perder os bafos do gigabyte. Porque sim, eu era dessa época de malhação e eu achava o máximo. Hoje é tosquinho e com o passar dos anos, você vai reparando que a história tem a mesma base e só mudam os personagens, mas não tem como olhar pra trás e ignorar esse marco na vida (sdds vagabanda).

4- Big Brother Brasil
Gente, cês me desculpem eu não ser pseudo cult hipster e fazer cara de nojinho pra esse tipo de programa, gosto mesmo e dou muita risada. Tenho muitos problemas na vida e durante três meses num ano, é ótimo deixar de lado todos eles pra futicar na vida alheia. Sem contar que, não sei se vocês se lembram, mas em 2007 teve um participante chamado Sammy e ele era homem, E EU CHAMO SAMMY (daí eu falo que ser criança é complicado e não me compreendem). 

5-  Pokémon
Quem me conhece há mais de 10 minutos sabe da minha paixão infinita e eterna por pokémon. Essa porra não era só um desenho, era uma lição de vida. Eu chorava sangue em posição fetal aos domingos, porque não passava tv globinho. Sem contar o fato de saber a musiquinha super amor em dobro da introdução e ter comprado mil kits promocionais da caçulinha, só porque vinha com pokébolas dentro.

OOTD: MaxiDress + Leather Jacket

Eu sei que hoje é sexta, porém estou com preguicinha de fazer o achados (devo fazer no domingo) e resolvi postar fotos do outfit que eu usei ontem. É a primeira vez que posto algum ootd usando algo maxi, mas gostei muito e achei que a jaqueta de couro devolveu um pouco da minha personalidade pra composição. Eu não sei de onde é o vestido, porque eu ganhei, mas existem milhões de sites internacionais com maxidress maravilhosos e com um preço okay (beijos sammydress). Enfim, sem mais delongas, eu espero MESMO que vocês gostem.


Óculos: Lojinha perdida no centro da cidade
Jaqueta: C&A

OOTD: Plaid Shirt + Cardigan

Essa semana, por causa da chuva, quase não deu pra fotografar o ootd, mas aí finalmente São Pedro consertou o cano quebrado no céu - pelo menos por uma tarde - e eu consegui fotografar correndo. 
Como vocês podem imaginar, o tempo aqui está maravilhosamente congelante, e isso faz com que eu esteja totalmente bem humorada. Porém, nesse dia em especial, não quis sair igual uma mulher das neves toda encapotada, e resolvi fazer uma sobreposição dessa blusinha xadrez roxinha super amor com esse cardigan bordô que vocês já conhecem. O único problema desse outfit foi, com certeza, o fato de ter que ficar ajeitando a blusa xadrez em alguns momentos, porque fiquei noiada que me fazia parecer barriguda - sim, sou dessas. Outro ponto negativo é que meu cabelo estava em um dos seus piores dias, então por favor, não relevem isso e continuem me amando. Bom, é isso, espero que vocês gostem!


Blusa Xadrez: Marisa
Cardigan: C&A
Calça Jeans Preta: C&A
Coturno: Cicarelli
Anel: 25 de março